MODENA

O nosso Instituto Comprensivo N.1 em Modena, é bastante jovem e surgiu graças a um plano local de reorganização escolar aprovado pelo distrito da área de Modena, em Emilia Romagna, no ano escolar de 2014-2015. Anteriormente, apenas ministravamos o ensino primário.

O nosso agrupamento escolar está localizado no nordeste de Modena. Tem quatro escolas primárias: Giovanni XXIII, Anna Frank, Lanfranco em Cittanova e Ciro Menotti em Villanova e uma escola secundária. Tem 1200 alunos. Nas escolas primárias, há 722 alunos. Na escola secundária há 425. Um número considerável deles é de origem estrangeira (199 nascidos no estrangeiro e 136 nascidos em Modena mas de famílias migrantes); há também uma minoria cultural com diferenças socioculturais consideráveis (estudantes ciganos e SInti).

Temos estudantes com necessidades especiais (22). A nossa escola tem um escritório administrativo com uma diretora, uma gerente financeira e 6 assistentes administrativos. Cada escola tem uma cantina, um ginásio, uma sala de informática, um laboratório de ciências, uma biblioteca e um teatro. Em algumas escolas existem também espaços adequados para atividades específicas de reabilitação para estudantes com necessidades específicas. O nosso Instituto desenvolveu procedimentos inclusivos e sempre construiu um registo inclusivo de boas práticas: alfabetização e cursos de italiano como segunda língua, laboratórios de alfabetização e projetos durante o horário escolar, tanto para estudantes migrantes como para italianos. Além disso, em junho, no final do ano letivo, começamos uma aula de reforço em italiano para melhorar suas habilidades. Fazemos estes estágios para promover a inclusão de estudantes estrangeiros. Na nossa escola temos também uma equipa especial de professores que apoiam os alunos com necessidades especiais, prestando especial atenção à Inclusão. Esta equipa apoia o corpo docente na rotina didática, de modo a desenvolver as competências potenciais de cada aluno para alcançar o sucesso educacional na escola.

A nossa escola está ligada a outras agências locais reconhecidas pela sociedade como centros de agregação de jovens: pavilhões desportivos gratuitos e bibliotecas. Além disso,a nossa escola tem um convênio com um centro de formação de professores chamado MEMO, que foi fundado pelo pedagogo Sergio Neri; e outro com a Universidade de Modena, com o Instituto Carlo Sigonio para receber estagiários. E com as Universidades de Modena, Reggio Emilia e Bolonha para receber estudantes em formação de professores.

A nossa escola é uma referência educativa e cultural na região de Madonnina, dando resposta às necessidades educativas dos alunos desta região.

Por outro lado, quer satisfazer a necessidade de melhorar as competências dos alunos para lidar com a complexidade da sociedade atual. Há também uma minoria de alunos com desempenhos de excelência, à qual os nossos professores prestam atenção estimulando as suas capacidades com atividades específicas e significativas.

As boas práticas do instituto são externalizadas com a criação de projetos que têm como um dos seus objetivos permitir aos alunos com necessidades especiais participar, juntamente com os seus colegas de turma, nestes projetos. Desta forma, as atividades serão significativas para este corpo estudantil e inclusivas para toda a turma.

No que diz respeito à didática do pessoal docente, são utilizadas várias metodologias: a abordagem CLIL, aprendizagem cooperativa, aprendizagem baseada em projetos e aprendizagem de competências.

Oferecemos formação de professores através de cursos de formação que são oferecidos pela rede da cidade de Modena com fundos do Ministério da Educação e com formação organizada pelo MEMO.

Nos últimos anos temos obtido financiamento europeu para implementar projetos de reforço e apoio em diferentes disciplinas, PON. Desta forma melhorámos as competências dos alunos e implementámos novos materiais tecnológicos e científicos para os workshops que foram preparados para modificar a forma didática de fazer as coisas.